Nova pagina 1
 
A EMPRESA
 

A EMPRESA

 

Parceiros

   

SERVIÇOS

 

Gestão de Borracharia

 

Controle de Pneus

 

Software de Controle

   

VANTAGENS

 

PALESTRAS

 

DICAS

 

RESPONSABILIDADE

 

Social e Ambiental

   

ATENDIMENTO

 

INTRANET

 
 Compartilhe:
 
   
     DICAS

 

Desequilíbrio

Todo conjunto rodante após montado e instalado no veículo está sujeito a desequilíbrios que se traduzem em vibrações afetando o desgaste do pneu e o conforto, além de reduzir a vida útil dos rolamentos, dos amortecedores e elementos da suspensão e direção do veículo.

DESEQUILÍBRIO ESTÁTICO

O desequilíbrio estático resulta num comportamento análogo ao de uma roda excêntrica, já que o setor mais pesado do conjunto roda/pneu/protetor/câmara de ar dará golpes contra o solo a cada volta da roda, permitidas pelo curso da suspensão.

As trepidações do desbalanceamento estático são até certo ponto absorvidas pela suspensão, contudo tenderão a causar desgaste mais acelerado dos rolamentos do cubo e amortecedores.


DESEQUILÍBRIO DINÂMICO

O desequilíbrio dinâmico produz uma alternância do pneu no curso do sistema de direção, resultando num esmerilha mento da rodagem contra o solo em dois pontos, a 90° do setor desbalanceado.

Mesmo que este desbalanceamento, devido às absorções do sistema de direção, não chegue a gerar um shimmy perceptível ao volante, causará um desgaste mais acelerado dos terminais de direção e rolamentos do cubo.
 

 

DESEQUILÍBRIO ESTÁTICO

 

DESEQUILÍBRIO DINÂMICO




ATENÇÃO

OS INCONVENIENTES DOS DESEQUILÍBRIOS SÃO CORRIGIDOS ATRAVÉS DA OPERAÇÃO DE BALANCEAMENTO DOS CONJUNTOS RODANTE, EXECUTADA NORMALMENTE COM MÁQUINAS BALANCEADORAS.

 

  Rua Indiaporã

Rua Manoel Vitorino, 273

Guarulhos - São Paulo

Tel.: (11) 2412-7173